quarta-feira, 23 de abril de 2014

Ex-funcionários da Colossus protestam em Parauapebas

Ex-funcionários da mineradora Colossus, que atua em Serra Pelada, localizada no município de Curionópolis, realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (22) em frente à sede do sindicato que representa a categoria em Parauapebas. 

Segundo os manifestantes,

Segundo os manifestantes o sindicato estaria cobrando 15% do valor do fundo de garantia para liberar o benefício.


Nem a Colóssus e nem o sindicato se posicionaram sobre o protesto.

Homenagem à dona Leni

Há aqueles que lutam um dia; e por isso são muito bons; 
Há aqueles que lutam muitos dias; e por isso são muito bons; 
Há aqueles que lutam anos; e são melhores ainda; 
Porém há aqueles que lutam toda a vida; esses são os imprescindíveis.

Homenagem a uma companheira, amiga e grande mulher Maria Leni de Carvalho Mendes, que nos deixou com á certeza de dever comprido, vá em paz guerreira.

Homenagem do diretório, bancada do PT da Câmara municipal, Deputado Milton Zimmer e Beto Faro, Articulação socialista (AS).

terça-feira, 15 de abril de 2014

Pará é o 4ª posição no ranking de homicídios contra mulheres

Pará ainda ocupa o quarto lugar na marca de feminicídios, ou seja, homicídios de mulheres em razão do gênero. Entre os anos de 2009 e 2011, no Estado do Pará aconteceram 768 casos de feminicídios.

A média foi de 256 mortes de mulheres a cada ano. A violência contra a mulher representa uma grave afronta aos Direitos Humanos, não podemos permitir esta prática em nossa sociedade.

Recentemente tivemos o caso da Gerente do Lojão Kariri, Eliane Macedo Barros de 25 anos, assassinada brutalmente dentro de sua residencia, no município de Eldorado do Carajás.

Charge do dia


Ônibus pega fogo na BR-316, próximo ao município de Caxias, MA

Um ônibus pegou fogo na BR-316, próximo a Caxias, na noite de domingo (13). O veículo ia de Teresina, no Piauí, para a cidade de Parauapebas, no Pará. Mais de 30 pessoas estavam no ônibus. Ninguém saiu ferido.

Imagens feitas de celular mostram que o fogo atingiu todo o ônibus, que ficou totalmente destruído. O veículo saiu de Teresina e começou a incendiar na BR-316, quando já chegava próximo à cidade de Caxias. Mais de 30 pessoas estavam no veículo. Segundo uma das passageiras, foi outro passageiro que percebeu incêndio.

"Começou a entrar fumaça no fundo do ônibus. Logo em seguida, a polícia também percebeu e começou a seguir o ônibus, e atravessou na rodovia. Foi quando ele parou", relembra a autônoma Cirnalva Pereira.
Quase todas as bagagens dos passageiros foram retiradas antes do ônibus incendiar por completo. Alguns passageiros, no entanto, não conseguiram tirar as malas há tempo. A pensionista Maria Medrado foi uma delas. "Era uma bolsa com roupas e outra com presentes", disse.
O motorista disse que esta não foi a primeira vez que um ônibus da empresa incendeia durante o percurso de viagem. O Corpo de Bombeiros chegou ao local e apagou apenas metade do incêndio. Eles tiveram que retornar a Caxias para pegar mais água e apagar o restante das chamas.

O incêndio só foi totalmente controlado às 21h, e ninguém saiu ferido.
(G1)

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Sem Terra iniciam acampamento em memória do Massacre de Eldorado dos Carajás

O MST realiza entre os dias 10 a 17 de abril, o Acampamento Pedagógico da Juventude Camponesa “Oziel Alves Pereira”, na curva do “S”, em Eldorado dos Carajás (PA).

 O evento inclui uma série de atividades culturais, como filmes, oficinas de dança, agitação e propaganda, teatro e percussão.

Todas as tardes, exatamente às 17h, horário do genocídio contra os trabalhadores rurais Sem Terra, será realizado um ato na BR 155, palco do massacre.

Os jovens também percorrerão até os túmulos dos camponeses assassinados pela Polícia Militar, no cemitério de Eldorado dos Carajás.

Protestos na cidade de Curionópolis, cujo nome homenageia o ex oficial do exército,  Sebastião Curió, responsável pelo aniquilamento dos integrantes da Guerrilha do Araguaia, estão na programação do acampamento.

No encerramento da atividade, no dia 17 de abril, dia internacional na Luta Camponesa, será realizado um grande ato político-cultural, com a presença de várias autoridades locais e artistas da região.

 Memória

Desde 1997 no Pará, o MST promove no mês de abril o acampamento em memória aos 21 Sem Terra mortos pelo Estado em conivência com a mineradora Vale, na tarde do dia 17 de abril de 1996.

 No episódio, que ficou mundialmente conhecido como o Massacre de Eldorado dos Carajás, 21 homens morreram alvejadas pela polícia ao interromper uma marcha que chegaria até a capital Belém, em protesto pela Reforma Agrária.

“Nunca podemos esquecer esse ato de barbárie, que busca na eliminação física do campesinato da região, resolver as contradições do capitalismo que saqueia e explora o Pará”, protesta Charles Trocate, da coordenação estadual do MST.
Márcio Zonta - Página do MST

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Presos suspeitos de matar advogado em Marabá

Dois suspeitos de executar um advogado na semana passada estão presos na penitenciária Mariana Antunes, em Marabá, no sudeste do estado. Com um deles a polícia apreendeu uma arma que pode ter sido usada no crime.

De acordo com a Polícia Civil, um suspeito de 21 anos e  outro de 24 foram reconhecidos por várias testemunhas, assim como a moto que teria sido usada por eles no dia do crime.

“Conseguimos a informação da casa exata onde estava a motocicleta. E lá foi feita a prisão de um deles, por porte ilegal de arma de fogo. Também conseguimos a informação de que o outro suspeito também teria participado do crime, testemunhas reconheceram, pelas características físicas. E também uma arma foi encontrada, possível arma do crime, na casa de um armeiro, que afirmou que quem deixou a arma lá foi um dos suspeitos”, explicou Ricardo do Rosário, delegado.

Em depoimento, os dois suspeitos negaram que tenham matado o advogado George Antônio Machado, de 53 anos, assassinado na última quinta-feira (3). A Justiça decretou a prisão provisória dos suspeitos. A polícia trabalha com duas hipóteses: morte por encomenda ou latrocínio, que é roubo seguido de morte.
Depois do crime, uma equipe da Divisão de Homicídios de Belém foi até Marabá para ajudar nas investigações. O advogado atuava na área trabalhista e previdenciária e tinha escritório em Marabá e em Parauapebas. (G1)

Prefeitura de Parauapebas assina convenio com a Vale para duplicação da Faruk Salmen

Ontem a tarde a Prefeitura Municipal de Parauapebas e a Vale assinaram o convênio que viabilizará a duplicação da rodovia Faruk Salmen, no trecho que vai da Delegacia de Polícia Civil até a rotatória do bairro Palmares Sul. A Prefeitura garantiu que já está concluindo as ultimas desapropriações e a obra será gerenciada pela Vale, tendo prazo de conclusão previsto para 12 meses.

A duplicação da Faruk Salmen que era um sonho dos moradores de Parauapebas, em especial dos moradores da Vila Palmares Sul desde 2011, está próxima de virar realidade.

A mesma reduzirá os engarrafamentos e o tempo de deslocamento para quem ali trafega, além de aumentar a segurança para todos os motoristas e pedestres.

Imagem do dia


segunda-feira, 7 de abril de 2014

Hoje é o dia do Jornalista

Hoje é o dia oficial da profissão de  jornalista. Esta comemoração foi criada pela  Associação Brasileira de Imprensa como homenagem a Giovanni Battista Libero Badaró.

Giovanni Badaró foi médico e jornalista e foi assassinado no dia 22 de novembro de 1830, em São Paulo, por alguns dos seus inimigos políticos. O movimento popular que se gerou por causa do seu assassinato levou a que D. Pedro I abdicasse em 1831, no dia 7 de abril.

Foi só em 1931, cem anos depois do acontecimento, é que surgiu a homenagem e o dia 7 de abril passou a ser “Dia do Jornalista”.
 Parabéns a todos os jornalistas!

Morre aos 67 anos o ator José Wilker

O ator e diretor José Wilker morreu, aos 67 anos, na madrugada deste sábado (5) no Rio. Ele sofreu um infarto. Wilker ficou conhecido por trabalhos marcantes em novelas como "Roque Santeiro", em que interpretou o personagem-título, e "Senhora do destino", em que interpretou o bicheiro Giovanni Improtta. No cinema, fez filmes como "Bye bye Brasil" e viveu o Vadinho de "Dona Flor e seus dois maridos".
saiba mais

Wilker morreu no apartamento da namorada, Claudia Montenegro, em Ipanema, Zona Sul. Segundo o produtor e amigo Cláudio Rangel, o velório está previsto para começar às 23h30 deste sábado, de acordo com a liberação do corpo, e seguirá até as 15h de domingo (6), aberto ao público. A cremação será no Memorial do Carmo, no Caju, às 18h.

Sua última participação em novelas foi em 2013, em "Amor à vida", de Walcyr Carrasco, no papel do médico Herbert. Em 2012, ele foi o coronel Jesuíno no remake de "Gabriela", baseada no livro "Gabriela Cravo e Canela",  de Jorge Amado. Na versão original, exibida em 1975, havia feito Mundinho Falcão. Na TV Globo, participou de quase 30 novelas

José Wilker deixa duas filhas. Mariana, com a atriz Renée de Vielmond, e Isabel, com a também atriz Mônica Torres. No Facebook, Isabel escreveu uma declaração para o pai e agradeceu as mensagens de apoio: "Só tenho amor, muito amor, e agora saudades, sempre. Obrigada a todos pelo carinho", postou, junto com uma foto. G1

APÓS CORPO DE HOMEM SER RESGATADO DE UM RIO VÁRIOS PEIXES COMEÇAM A SAIR DE DENTRO DO CORPO

Mais um vídeo enviado por um internauta, esse muitos já viram! É frequente o número de afogamentos em áreas cobertas por grandes rios e lagos espalhados pelo nosso Brasil. Banhistas e pescadores as vezes arriscam as próprias vidas nessas águas e assim acabam desaparecendo nas águas turvas dos diversos tipos e tamanhos de rios por esse Brasil afora... Nesse resgate mergulhadores e pescadores se espantam com o números de peixes que estavam no corpo dessa vítima. Não sabemos aonde e nem quando foi, mas com essas imagens vem o ALERTA, cuidado, não se arrisque em águas profundas e perigosas para não acabar assim...

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Ramal Ferroviário é tema de reunião entre vereadores e representantes da Vale

Na manhã dessa quarta-feira, 2, vereadores se reuniram com representantes da Vale e do Assentamento Carajás II, na Câmara Municipal, para tratar da situação de 42 famílias que moram em áreas desse Projeto. Elas vivem com a incerteza do que vai acontecer durante a construção do Ramal Ferroviário de Parauapebas, já que a obra deve abranger lotes das terras onde moram.

O presidente da Câmara, Josineto Feitosa (SDD), informou que os vereadores foram procurados por essas famílias para buscar uma alternativa. “Pra ter uma prévia do impacto na vida dessas pessoas”. Israel Pereira, o Miquinha (PT) foi ainda mais direto. “Como vai ficar a indenização? O que vai ser feito? Precisamos saber direito qual é o traçado”.

O procurador da Câmara, Nilton César, explicou a situação dessas famílias e relatou os trâmites pelos quais o Assentamento passou. Segundo ele, o Ramal deve atingir 22 loteamentos, do total de 42. “O projeto passa por lotes efetivados pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) como terra pública”.

Entretanto, o advogado da Vale, Tellyson Teles Júnior, afirmou que “nem o INCRA sabe quais são as terras que possui” e relatou que todos os imóveis da Companhia foram adquiridos de modo legal. “O Ramal só vai passar nas áreas em que os lotes são titulados, que foram comprados de quem tinha o título fornecido pelo Grupo Executivo das Terras do Araguaia-Tocantis (GETAT). A Vale adquiriu esses lotes quando não havia mais ninguém neles, essa foi uma exigência feita antes da compra” informou.

A equipe de técnicos da Vale apresentou o mapa do Ramal e mostrou quais locais devem ser afetados pela obra. Constataram então que, de fato, há partes do Assentamento Carajás II que podem ser atingidas.
Durante a reunião ficou acertado que a Vale, juntamente com representantes da Associação do Projeto
Assentamento Carajás II, vai verificar o mapa topográfico da área em questão, para detectar quais lotes estão em conflito e posteriormente verificar qual é de fato a situação desses loteamentos.

Isso significa que ainda há um longo caminho pela frente, até que de fato as coisas se resolvam. Mas, os vereadores avaliaram como positiva a reunião. Josineto Feitosa destacou que os parlamentares querem ser informados sobre todos os aspectos do projeto. “Até para que possamos ajudar e evitar críticas infundadas, por falta de conhecimento. Precisamos encontrar um meio termo para que possamos aproveitar mais os benefícios que esta obra vai trazer e também para reduzir os malefícios, pois é algo importante para a cidade”. Bruno Soares (PP) também defendeu uma maior aproximação da Companhia. “Quanto mais elementos técnicos forem apresentados, melhor será para ficarmos cientes da real situação”.

Euzébio Rodrigues (PT) relatou que quer saber como a Vale vai resolver esses problemas. “É uma obra importante para a economia da cidade, mas é preciso saber como será resolvido o problema dessas famílias”.

Participaram da reunião ainda os vereadores Devanir Martins (SDD), Ivanaldo Braz (PDT), Eliene Soares (PP) e Irmã Luzinete (PV).
A obra

O Ramal ferroviário de Parauapebas deve contribuir com o escoamento do minério a ser extraído na mina do Projeto S11D, localizado no município de Canaã dos Carajás. Vai integrar, através de um sistema multimodal rodoferroviário, o escoamento dos diferentes produtos da região, ligando o corredor de exportação Norte, por interligação com a Estrada de Ferro Carajás, ao Porto de São Luís e os diversos empreendimentos da Vale na região.
Nayara Cristina/ASCOM-CMP

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Autoridades visitam carceragem do Rio Verde em Parauapebas

Palco de várias fugas e rebeliões, a carceragem da Polícia Civil que fica localizada no bairro Rio Verde em Parauapebas, a cada dia que passa fica pior, tanto nas condições do prédio, quanto no quesito segurança, tendo em vista que praticamente todos os dias presos são transferidos para o local, que diga-se de passagem, já está com lotação máxima.

Durante a manhã desta quarta-feira (2), uma comitiva formada pela Desembargadora e corregedores das comarcas do interior do Estado do Pará, Juiz Líbio Moura, Conselho da Cidade, Defensor Público e representantes da Secretaria Municipal de Segurança Institucional de Parauapebas, participaram de uma vistoria na carceragem do Rio Verde. Um dos objetivos da visita é ouvir de perto os anseios dos detentos, além de acompanhar a situação em que os mesmos se encontram nas dependências do prédio da carceragem.

Ainda no ano passado, o Governo do Estado do Pará iniciou em Parauapebas a construção da nova Cadeia Pública Masculina da região. O governo está investir mais de R$ 4 milhões, para abrir 306 vagas para detentos do regime provisório.

Bariloche Silva
Pebinha de Açúcar

Comemoração dos 101 anos de Marabá

Marabá completa 101 anos dia 05/04, comemora com vários shows na Folha 28.

Confira a programação de filmes do Circuito Cinemas Parauapebas

FilmeClas.Horário

300: A Ascensão do Império (300: Rise of an Empire)

16 anos

Dub. - 14h30, 16h50, 19h20, 21h40

As Aventuras de Peabody e Sherman (Mr. Peabody & Sherman 3D)

Livre

Dub. - 14h20, 16h20

O Herdeiro do Diabo (Devil´s Due)

14 anos

Dub. - 16h30, 21h50

Rio 2 (Rio 2)

Livre

Dub. - 13h00A, 15h10, 17h25, 19h40, 21h55

Robocop (RoboCop)

14 anos

Dub. - 18h40, 21h20

Tudo por um Furo (Anchorman 2: The Legend Continues)

14 anos

Dub. - 14h00, 19h00

terça-feira, 1 de abril de 2014

Câmara promove curso sobre patrimônio público


Com o objetivo de proporcionar valorização e qualificação profissional dos servidores, além de aprimorar a prestação dos serviços à população, a Câmara Municipal de Parauapebas promove o curso “O patrimônio público, segundo o Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCASP)”.
O curso teve início hoje e é ministrado pelo advogado Milton Marques, que também é formado em Administração pelo Centro de Estudos Superiores do Estado do Pará (CESEP), com especialização em Gestão Pública e ênfase em Administração, pelo Centro de Ensino Superior do Pará (CESUPA).

Na abertura da capacitação o diretor administrativo da Casa, Herberth Herland, falou da importância de investir na qualificação profissional para os servidores. Ressaltou que para o presidente da Câmara, Josineto Feitosa, essa é uma prioridade.
O presidente do Instituto de Direito Público do Pará, Bruno Jardim, ao qual o palestrante é vinculado, parabenizou a Câmara pela iniciativa e disse que Milton Marques é hoje um dos mais gabaritados especialistas em Administração Pública do país.
Com carga horária de 12 horas, a capacitação será realizada durante todo o dia de hoje, com intervalo para almoço e amanhã das 8 horas ao meio-dia.
Nayara Cristina/ASCOM-CMP

IV Encontro Família Escola na Palmares Sul


Na manhã de Sábado, (29) foi realizado o IV Encontro Família e Escola na Palmares Sul

O evento que aconteceu na escola municipal de ensino Paulo Freire,contou com uma programação bem diversificada como: atividades sociais e apresentações culturais, atendimento médico, atendimento jurídico e tratamento de beleza para a comunidade que prestigiou evento. O evento além de ter um fundamento social motiva principalmente a proximidade da família junto a escola dos filhos, concretizando assim um entrosamento entre escola e país.

“É um evento muito importante para comunidade, pois serve para Interar a comunidade, família e escola. Estamos a reafirmando apoio de parceiros e colaboradores para contribuir com o evento.” ressaltou a direção da escola.

segunda-feira, 31 de março de 2014

Policia atira em alunos e atinge criança de 11 anos

Na ultima Quinta feira, 27, alunos que manifestavam em frente à escola de ensino fundamental Antonio Matos filho no Bairro Nova Vida foram surpreendidos por policiais do Grupo Tático.
Os alunos que estavam insatisfeitos com a situação da escola e das ruas do bairro,  atearam fogo em pneus e gritavam com faixas e cartazes em busca de chamar atenção das autoridades.
A manifestação acabou logo após a chegada da policia Civil juntamente com o Grupo Tático por volta das 16:00hs, segundo informações de moradores e alunos, a policia teria agido violentamente contra os manifestantes, teriam chegado  atirando com balas de borracha, lançando bomba de efeito moral e spray de pimenta.

No total foram 5 alunos feridos, entre eles uma criança Gabriel de 11 anos, que mesmo não sendo manifestante  levou um tiro de bala de borracha a queima roupa, a cima do olho esquerdo.

"Começamos com gritos e com cartas e depois queimamos pneus,  indignados com  a situação da nossa escola e com a rua da escola que não tem asfalto e está cheia de buracos,logo os policiais chegaram e não perguntaram  nada, foram logo atirando bala de borracha, lançando bomba de efeito moral e spray de pimenta, como se estivessem atirando em vândalos, ou em marginais, uma grande covardia contra nós, crianças e adolescentes  uniformizadas e desarmadas " Concluiu uma jovem da escola presente no protesto.
A policia Militar de Parauapebas tem feito um belo trabalho no combate contra a violência, porém não estão preparados para enfrentar situações como essa.

O blog repudia toda forma de violência, o dever da policia é manter a ordem e a segurança de todos em nosso município, pedimos um maior preparo para essa classe que cuida  segurança do nosso município.

quarta-feira, 26 de março de 2014

1º Campeonato de Veloterra Parauapebas PA

Parauapebas sudeste do estado do Pará, terá pela primeira vez em sua historia um campeonato de VELOTERRA que envolverá varias categorias de motocicletas e quadriciclo, categoria, 100,125,150 cc, e importadas. O veloterra em Parauapebas surgiu de um bate papo entre o repórter cinematográfico Carlos Maranhão e o empresário Geraldo da GE motos representante da marca Shineray em Parauapebas, daí a ideia se firmou e junto a eles tiveram a ideia de expandir e colocar em pratica essa modalidade esportiva que Carlos Maranhão troxe do estado de Mato Grosso para nossa região, por também ser produtor de eventos ja fez vários enduros e veloterras naquela região, outro parceiro na realização desse grandioso evento é o promoter de eventos Erik Lima do bloco dos patrões que se prontificou a fazer parte do grupo entrando pra somar e fazer com que essa festa tenha mais brilho.

O Veloterra é realizado em uma pista Off Road, que tem como característica básica um bom traçado com curvas bem projetadas, retas, subidas, descidas e sem nenhum salto.

As pistas são variadas, podendo ser de areia ou terra batida.

O esporte surgiu como uma alternativa para as pessoas que gostavam de acelerar suas motos e não podiam arcar com os altos custos do MotoCross.

Hoje, o Veloterra é uma das modalidades com maior número de adeptos no Brasil.
as inscrições do evento será realizada no GE motos av: Liberdade Nº310 Bairro da Paz e-mail:gemotos@gemotos.com.br

telefone 94-3356-3609 o valor das inscrições será de 50,00 reais os inscritos concorrerão a uma (moto Jet zero km ) o valor do ingresso para prestigiar o evento será de 10,00 reais mais 1 kg de alimento não perecível para serem doados as entidades filantrópicas de nossa cidade e o publico presente também concorrerá uma moto jet zero (km)

terça-feira, 25 de março de 2014

Moradores do bairro populares II fazem protesto

Na manhã desta terça-feira, (25) moradores do bairro casas populares II,realizaram um protesto interditando a PA -160, pneus queimados e aproximadamente 180 pessoas trancavam a PA que é uma das principais vias de acesso a zona rural de Parauapebas.

O protesto realizado demonstrava a insatisfação da população com o poder  executivo da cidade. Os moradores alegavam que devido a forte chuva que caiu durante toda a madrugada, as casas foram tomadas por água de chuva, os mesmo afirmam que a falta de galerias e de redes pluviais, tem causado constantes alagamentos no bairro e pedem atitude por parte do governo municipal.

Foto: Vanessa Souza
É preciso analisar friamente o que vem sendo feito para se resolver o problema habitacional em Parauapebas. Especificamente para esta população que agora se manifesta, diz a prefeitura, que ali será erguido o maior complexo habitacional do município (Complexo Morro do Chapéu). Hoje, essa população mora praticamente dentro de uma lagoa e, naturalmente, depois de uma chuva como a que se deu na madrugada, tal lagoa vai encher e transbordar, causando a revolta nos que ali habitam. Isso aconteceu hoje e ainda irá acontecer mais vezes, até que se concluam as obras e sejam de  entregues as novas casas.

Enquanto isso é preciso paciência por parte da população e muito, muito mais por parte da Polícia Militar. Durante a ação de hoje felizmente não houve vítima fatal, mas o fato deverá ser investigado pelo novo comandante da PM local e, se apurados excessos, os autores devem ser exemplarmente punidos.

Foi-se o tempo em que a polícia podia tudo. Vivenciamos uma outra época, onde os diálogos e a negociações devem ser exauridas e só depois o uso de armas e de truculência devem ser usados contra quem democraticamente se manifesta.